DICAS

Confira os melhores da semana





CINEMA

Fé e superação nas adversidades


O filme ainda gera controvérsias para quem assiste. Uns o julgam fraco e sem o ‘molho’ dos grandes filmes dramáticos. Outros criticam a performance dos atores na tela, muitas vezes próxima à ‘canastrice’. Porém, em Fazendeiro e Deus (Faith Like Potatoes, África do Sul/ 2006), o diretor Regardt van den Bergh busca mostrar os valores inerentes à fé e à superação das dificuldades que a vida apresen ta.

No filme, Angus Buchan (Frank Rautenbach) é um fazendeiro que muda-se para a África do Sul com a família e sofre uma série de perdas que julga ser incapaz de superar. Com amizades insólitas e intervenção divina providencial, ele descobre o v erdadeiro propósito da sua vida e uma crença inabalável no poder da fé.

A história de vida comovente de um homem que, assim como suas batatas, desenvolve as raízes da fé, que só se tornam visíveis quando chega a hora da colheita.

LITERATURA



Nos limites da dor e da perda



Muitas vezes nos encontramos em situações tão absurdas (e trágicas), que achamos que Deus nos está “pregando uma peça”. Em A Cabana (Sextante, 241 pag.), Mackenzie Allen Philip passa por algo assim, na ocasião da morte de sua filha mais nova, provavelmente assassinada e abandonada em uma cabana.

Quatro anos mais t arde, Mack recebe uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana para passar o fim de semana, voltando assim ao cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre.



Neste clássico, William P. Young leva o leitor a encontrar respostas, através do protagonista da ficção, para questionamentos como o porquê de Deus permitir que seus filhos passem por momentos de dor. Um excelente exemplar de cabeceira.



MÚSICA



Uma salada de estilos



A cada novo trabalho, o cantor Fernandinho prova que não é um artista ‘bitolado’ em apenas um gênero musical. Na realidade, esta é uma das suas principais marcas registradas. Em seu novo álbum, “Uma Nova História” (Onimusic) o cantor segue sua linha pop rock/ adoração, passeando pelo rock progressivo, pelo axé, pela dance music e, pasmem, pelo hip-hop (com a participação do pastor ‘muito doido’ Mano Keilo).

A mensagem central do Cd é a de que uma nova história já está escrita por Deus para cada um e que a experimentaremos à medida que buscarmos por sua presença em nossas vidas. Destaque para as canções “Eu fui comprado”, “Subir a Montanha”, “Uma nova história” e “Ainda que a Figueira”. Obs.: Em poucos meses, as músicas deste álbum invadira m a maioria das igrejas evangélicas em todo o país.



Fim da hegemonia




O tele-evangelista R.R. Soares prepara as malas para deixar a Rede Bandeirantes (Band) em janeiro de 2010. O contrato entre o missionário e a emissora vence no final deste mês, terminando assim o reinado do único programa evangélico transmitido em horário nobre na TV aberta. O “Show da Fé” ocupa desde janeiro de 2003 o horário das 21h às 22h e dava altos picos de audiência à emissora (pois batia legal na concorrente, a Rede Globo).



O novo ‘rei’ do pedaço



Para ser ainda mais doloroso ao missionário, a Igreja Internacional da Graça de Deus também perdeu espaço na CNT. O contrato na emissora com a igreja também terminou e agora, o espaço será ocupado por outro ‘gigante’ do televangelismo: o apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus e principal ‘desafeto’ de Soares. Ele vai mensalmente ‘presentear’ a CNT com R$ 3 milhões, dominando quase que por completo o espaço reservado aos programas evangélicos da emissora. Tudo indica que Soares está tentando negociar com as duas emissoras para que o caso seja revisto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s