DAS BALADAS PARA OS CULTOS

Perlla: reconciliação foi mesmo genuína?

Nesta semana, mais um caso ‘balançou’ o meio evangélico, com a notícia de que a cantora carioca Perlla teria abandonado as ‘luzes da ribalta’ para voltar à sua vida cristã (de onde, alguns acreditam, ela jamais deveria ter saído). A atitude então seria duas provas de amor feitas pela artista. Primeiro para Deus, que agora, a menina vai deixar a vida fútil das baladas e funks polêmicos para servir a Jesus (ao menos é o que se espera).

E depois, seria uma prova de amor para o marido da cantora, que segundo o jornal Extra, teria intimado a menina a se decidir: ou ela ficaria com ele ou com o “pancadão”! E para “ele”, leia-se também acompanha-lo na vida cristã, pois rapaz (ex-baixista da esposa) foi o primeiro a se reconciliar. Inclusive, no Youtube há alguns vídeos que mostram Perlla e seu amado cantando em uma igreja.

Pois bem, o site da artista não fala nada sobre a conversão dela à fé Cristã. Ou, pelo que entendemos, a reconciliação dela com o Evangelho. A ausência de informações a respeito pode ser explicada pelo seguinte fator: sem shows, sem dinheiro. E sem ‘dim-dim’, Perlla foi obrigada a demitir sua assessoria de imprensa. Mas, dos males, este é o menor.

Ainda segundo o jornal carioca, Perlla contraiu uma dívida acima de R$ 200 mil. Seu patrimônio, construído ao longo dos anos com a venda de seus discos, parece que começou a ruir. O banco tomou de conta de imóveis, veículos e tudo o que estiver no nome dela. Nessa história toda, vemos surgir três fenômenos:

1 – Abandonar o secularismo para abraçar a fé cristã não é tarefa nada fácil. Jesus já tinha nos alertado que no mundo passaríamos por poucas e boas (João 16:33). É um exercício tremendo para provarmos nossa fé e devoção em Cristo. Não é um ato de um Deus carrasco que quer o mal. A ideia é se desprender de tudo o que o mundo nos deu, para que as coisas boas sejam realizadas em nossas vidas (II Corintios 5:17). Se a conversão de Perlla foi real, e não uma imposição do maridinho (como está bem patente), então ela vai ter que passar por esse tipo de situação. Muitos encontraram essa barreira quando se decidiram por Jesus. Mas ele recompensou, e é o que ele faz, com certeza. Basta que nossa fé seja fundamentada exclusivamente em Jesus, e não em bens materiais;

2 – Algumas pessoas levantaram a seguinte hipótese: a ‘conversão’ ou reconciliação de Perlla não foi real. Primeiro devido ao fato de ela ter cedido às pressões do marido. Grávida de oito meses, a fragilidade pode ter falado mais alto. E depois, alguns acreditam que a cantora já estava fraca de dinheiro muito bem antes. Um ex-empresário de Perlla moveu uma ação judicial contra ela para reaver seus direitos trabalhistas, já que ele foi demitido. Sem verba, a cantora não tinha como recorrer. Assim, de acordo com os ‘blogueiros especuladores’, Perlla viu na igreja evangélica a possibilidade de recuperar a boa vida. Como? Com sua fama nacional e, sob a égide evangélica, rapidinho ela iria atrair as atenções de alguma gravadora. Assim, de cantora de funk e baladas, Perlla se converteria em uma cantora gospel. Pode parecer bizarro, mas faz até um certo sentido. Torçamos que não.

3 – E o último fenômeno é o dos idiotas espalhados pelo mundo marcando presença na Internet. Explico: A repercussão sobre o incidente com Perlla foi instantânea. De imediato, meio mundo de gente criticou a atitude da cantora em “ceder às pressões do marido”. E também por se aliar à “uma religião de alienados”, uma clara referência (discriminatória, inclusive) aos evangélicos. Se Perlla tivesse largado tudo e passasse a ser adepta da Umbanda, ninguém reclamaria. Ou do Espiritismo, ou do Budismo, Hinduísmo ou seja lá qual for a religião (nada contra, ok gente!). Mas é só alguém revelar que passará a servir a Jesus que logo isso passa a ser motivo de piada, chacota, discriminação e tudo mais. Rodolfo Abrantes passou por isso ao deixar o Raimundos. Solange Almeida também, ao deixar o Aviões do Forró.

E a lista é grande: Mara Maravilha, Régis Danese, Lázaro, Sula Miranda, Joana Prado (ex-feiticeira), Valéria Valenssa (ex-Globeleza), Regininha (ex-Poltergeist), Dedé Santana, Chris Durán, Júlia Paz (ex-atriz pornô). As pessoas não compreendem quando alguém decide mudar de vida. Estão deveras presas em seus estereótipos que se esquecem que o restante da humanidade também possui senso crítico e poder de escolha. E as pessoas que citamos aqui decidiram mudar de vida. E pronto! Não precisam se explicar!

Assim, oremos para que Deus abençoe Perlla que, além de super talentosa, é simpática e humilde. Que ela se levante e reconheça que o amor de Deus é maior do que carrões, roupas de marca e qualquer tipo de mimos. No momento certo, ela vai receber tudo isso de volta e, quem sabe, algo bem melhor. E mesmo que não receba, Deus estará sempre com ela. Basta que ela creia, de fato!

Veja um vídeo da cantora, em uma igreja:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s