NOTE-SE! 26.07.2012

Clima estranho

Pergunta: o que está havendo no interior da cúpula mestra da Convenção das Assembleias de Deus do Estado de Roraima (Cedader)? Pois tudo indica que a atual disputa eleitoral está mais acirrada lá dentro, do que nas urnas.

Explicando…

Uma postagem do vereador e pastor Rosival Freitas (PSC-RR) no Facebook chama a atenção. Segundo ele, em uma reunião da tal cúpula da IEAD, presidida pelo pastor Isamar, foi decidida que o candidato Evangelista Fernando não terá a ‘benção’ da Cedader. Vale ressaltar que este é apoiado por Freitas e pelo pastor Frankembergen Galvão, ex-deputado federal e atual secretário municipal de Segurança Urbana e Trânsito.

Rosival Freitas, pastor e vereador (PSC-RR)

Apoio

“Doravante, o PHS será o partido apoiado pelo presidente, e a sua candidata que receberá seu apoio será Mirian Reis e que todo o integrante do ministério TEM que votar e pedir voto. Quem se posicionar contra será considerado rebelde. Desta maneira, toda liderança agora tem que se empenhar e o PSC tem que ser abafado e se tornar um partido em extinção dentro da Assembléia”, diz a nota postada por Rosival Freitas em seu perfil no Facebook. Com a palavra, os agentes envolvidos nessa balbúrdia.

Pra não dizer que “não falei das flores”, taí o print da postagem

Showman

Nesta semana, outro burburinho no Facebook também atraiu nossa atenção e requer nosso comentário. Um grupo de jovens comentava a respeito dos nomes convidados para um determinado evento evangélico, a ser realizado em setembro, em Boa Vista. Um deles, um rapazote iniciante na carreira musical e que faz sucesso aqui devido sua aparição em um programa de TV em cadeia nacional, é tido como o favorito “da noite”.

Showman 2

Para uns, a escolha do rapaz para se apresentar em Boa Vista foi bem recebida e atende um grande número de pessoas que ficaram encantadas (a maioria, mulheres) por seu “incomparável talento”. Por outro lado, houve aqueles que questionaram a situação, constando como se fosse “dinheiro perdido” por parte dos organizadores, uma vez que o mesmo artista-mirim não passa de um showman (o ideal seria ‘showboy’), alguém que sobe ao palco apenas para posar de artista, não de adorador.

Showman 3

Não vamos questionar o grau de espiritualidade do garoto, uma vez que ninguém pode julgar este ou aquele, ainda que as evidências estejam patentes aos olhos de quem quiser enxergar. Enfim, deixamos essa parte com Deus. Mas, ainda que o tal cantor enquadre-se como um artista mediano, do mesmo top de muitos daqui de Roraima, se ele foi escolhido, é porque tem público, mesmo que tal público seja composto por meninas extasiadas por sua eventual ‘beleza’ e sua voz. No entanto, melhor seria optar por grupos e cantores locais, que tem o mesmo talento, a mesma desenvoltura e o mesmo carisma. Mas, o cara é de Sampa, né…

¡Arriba!

O jovem músico, missionário e colaborador do Universo Gospel, Andryel Mendes, está em Lima – Peru, passando uma temporada aconchegante, conhecendo a cultura local e também os trabalhos missionários naquele local. Ele garante que vai preparar uma ótima matéria para ser publicado aqui. Vamos aguardar! Sucesso, irmão!

Andryel Mendes, em Lima (Peru)

Sugestão para a coluna: @unigospel (Twitter) ou universogospelcomunicacoes@gmail.com.

2 comentários

  1. Essa situação não é a primeira, sempre há essa discordância entre quem vai representar os interesses da igreja, ou simplesmente quem faz parte dessa teia de interesses pessoais. E o que acontece? a igreja fica totalmente dividida, com tantos vereadores para escolherem, e ao sentir se pressionada ou obrigada a votar em candidato A acaba não votando em candidato evangélico. E o que é engraçado e até irônico é que parece que as ovelhas são obrigadas a votar somente em quem o pastor pressidente quiser,,,cadê o exercício de cidadania? a tal democracia? Dá até pena dos evangelistas obrigrigados a serem propagandistas de A ou B. Penso que se querem fazer uma eleição de um candidato assembleiano precisa primeiro ser limpa a campanha e não proibindo da igreja votar em um candidato. paz

    • Sim entendo sua explicação; nesta linha de conivência todos estão inserido para trabalhar o que o mestre manda, isso aconteceu na ditadura e hoje (século 21) estão inserido na religião, aqueles que opõe a isso são excluído do convivo, mas antes mesmo, os chefes corrigem disciplinarmente de forma inequívoco aqueles que se levante em favor daqueles menos favorecido, no caso os fiéis que contribuem muito alto (R$) para o fortalecimento desta corrupção, ou seja, nós alimentamos esta gente que ai está…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s