Nossa liberdade partindo para o fim

CensuraNos últimos meses, temos visto uma verdadeira perseguição à liberdade de expressão – na cara dura – em nossa mídia fascista e vendida. Digamos que isso começou há poucos meses, mas na verdade se prolonga há anos nesse país. Só que a mídia agora descobriu que esse tipo de noticia dá dinheiro e, como o que move o caráter do homem não é mais a sua índole e sim esse tal de capitalismo que suga aquilo que era pra ser a grande diferença entre o ser pensante e o animal, faz com que tudo o que o evangélico faça se torne vendável, como se fossemos diferentes dos outros tipos de religiosos.

Vivemos em um país em que falar o que se pensa, ir contra o que as pessoas acham como algo lógico (ex.: Achar que o pedófilo ajuda as crianças a descobrirem a sexualidade cedo, como certo deputado em um seminário sobre sexualidade deixou bem claro que é a favor), onde por alguém que já fez filme pornô com criança como garota propaganda sobre a Lei da Palmada, que na verdade é mais uma lei que vem para proibir-nos de educar os nossos filhos (Lembrando que sou contra espancamento. Isso é diferente de palmada, afinal de contas, se não fosse algumas que levei durante a vida, não seria um cidadão de bem. E se meus pais não me corrigissem eu estaria hoje apanhando da policia como marginal); onde palavras como “família”, “valores” e “moral” perderam o seu valor puro, onde a imprensa (98% dela, eu ouso a dizer) está vendida a essa politicagem imunda que esse país se tornou.

O mais recente ataque ocorreu com a psicóloga que é cristã, Marisa Lobo, e é uma das mais eficientes e mais dedicadas cidadãs a combater a legalização da maconha. Ela teve seu diploma cassado numa jogatina política e inconstitucional foi feita pelo Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR). Tudo isso porque ela foi acusada de proselitismo religioso e até mesmo por atitudes que configuram como “homofobia”, como a tentativa de “curar homossexuais” por meio de estudos psicológicos.

Marisa Lobo: registro de psicóloga foi cassado por conta dos valores predominantes da Bíblia
Marisa Lobo: registro de psicóloga foi cassado por conta dos valores predominantes da Bíblia

O mais incrível de tudo isso é que eles não têm prova nenhuma disso. Exatamente, Prova nenhuma! Tiraram suas deduções de comentários que ela fez sobre os homossexuais em sua rede social. Comentários da Marisa Lobo cristã, onde nada interfere na vida profissional. Marisa sempre falou abertamente que não apoia os atos cometidos por homossexuais, pois a homossexualidade é comportamento, escolha, e não é gênero. A única ciência que pode afirmar que a homossexualidade é gênero é a genética e nada foi provado até agora – para a tristeza de alguns, só há os genes X e Y (masculino e feminino).

Todos sabem que Marisa sairá candidata nessas eleições e que ela está em seu Estado com grandes possibilidades de ser eleita. Tudo não passa de um jogo político claro e mais ainda notório, percebível a todos. Outra questão é que ela usa o termo “psicóloga cristã” em seu site e o CRP quer que ela desvincule os dois termos. Em uma audiência, ela questionou da seguinte forma: “Por que há psicólogos umbandistas, budistas e muçulmanos que se anunciam como psicólogos dessas religiões e não sofrem ameaças, intimações e audiências?” A explicação foi que nunca houve uma denúncia formal contra eles. No caso de Marisa, três psicólogos homossexuais a denunciaram.

Pois é...
Pois é…

O caso é que nós cristãos (na sua maioria) não somos influenciáveis e não amarrados à politicagem (pelo menos é para ser assim). Isso faz com que grupos políticos tentem atacar amordaçando a todos que são contra eles. Vivemos em um país onde não podemos ir contra o governo, onde aqui se forma uma verdadeira ditadura, que há tempos deixou de ser tímida e se mostra na sua pior forma, aquela que é às claras e o povo como um boi que vai ao matadouro segue o caminho da morte sem fazer esforço nenhum contra a ordem. O povo brasileiro está tão burro que a mídia influencia de maneira absurda a todos. Há evangélicos que nem sabem o que ocorreu com o pastor e deputado federal Marcos Feliciano, na verdade não sabem como foi que ele comentou sobre os negros e homossexuais e dizem que são contra ele. Simplesmente ouviram a notícia na TV e a seguiram, ouviram, como dizia minha avó, deram “trela”.

Pior de tudo é que parte do povo cristão é muito burro, desunido e medíocre. Para ser mais pratico, é hipócrita. Não conhece a bíblia, é domingueiro, só lê a bíblia aos domingos (isso quando leva). Fico estarrecido quando ouço alguém dizer: “Não podemos fazer nada. Vamos orar!”. Que me mostrem na bíblia onde está que o povo tem que ser passivo assim a tudo? Mostrem-me sem tirar pedaços, a grosso modo, e sem inverter o contexto da palavra.

Nossos políticos estão aprovando leis de qualquer jeito, às vezes com pouco quórum e nem se preocupam com os efeitos delas, afinal sempre há algo de benefícios para eles por trás dos púlpitos do congresso. Sabemos que para aprovação de leis e antes de tudo a votação, há negociações por trás para aprovar determinadas leis. Graças ao senador Magno Malta, a famosa PLC122 não foi votada. O mais engraçado é que ela foi posta pra ser votada quando não havia quase senadores em uma sessão. Graças a ele, que pediu vistas do processo e que conseguiu embargar a lei, hoje não estamos amordaçados (em termos).

Pior é que tem cristão que acha o cúmulo do absurdo pastores serem políticos, pois eles podem se sujar (“Miseriqueima” esse povo, Jesus!). Graças a eles e a uma minoria de católicos que lá existem, como o deputado Jair Bolsonaro, muitos absurdos não são aprovados. Jair tem sido de grande ajuda aos cristãos, na verdade há uma parte da pouca sociedade séria desse país, pois ele preza os valores da família e da moral.

Assisto essas propagandas políticas do governo e vejo o quanto decensura (1) mentira há nessa tal liberdade que eles apregoam que há no Brasil, onde perseguem, humilham e menosprezam a todos que são contra suas ideias. O pior é que no Brasil não há oposição e quando se levanta alguém que achamos que vai fazer a diferença, lá nos decepciona com discursos contrários a família, como no caso da ex-senadora Marina Silva. Quando vamos deixar de sermos burros? Na verdade, até ofendo o burro, pois tente jogá-lo em um precipício, ele empaca e dá coice. Daqui a pouco, o único meio que ainda nos resta para nos expressarmos sem represálias nos será tomado, que é a internet. O Brasil está ficando pior que Cuba e Venezuela. Enquanto a Globo fica te mostrando os manifestos na Venezuela (e diga-se de passagem, que tem brasileiro que assiste e dá graças a Deus que no seu país não é assim, mal sabem que já está, só que de uma forma mais branda), você está entrando em um regime ditador também. A diferença é que o povo venezuelano vai à briga! O povo aqui é tão “abitolado” que quebra bens públicos que saem dos seus próprios bolsos, em vez de fazerem a diferença nas urnas.

O Brasil está uma vergonha literalmente! Desde a esfera política mais baixa à mais alta cúpula. Mas temos ainda fé de que isso mude. Porém, devemos fazer mais do que ficarmos em nossos círculos de orações e nos nossos “retetés”, porque até o povo de Israel teve que lutar pra ter sua terra. Minha critica não é ao Governo, nem aos políticos, mas na verdade, àqueles que os põem no poder!

pregar-evangelhoAbramos os nossos olhos. Deixemos de ser cristãos medíocres e sem vontade própria. Deixamos de ser “paus mandados”. Vamos ler mais a Bíblia, entender que brigar pelos ideais é de Deus e ainda entender que Jesus disse que seremos sim perseguidos por professarmos o seu nome, mas que em trecho algum há dizendo que temos que ficar calados! Jesus enfrentou quem ia contra a palavra de seu Pai e ainda morreu por todos nós, umbandistas, espíritas, cristãos (evangélicos e católicos; aqueles que acreditam em Jesus), maçons e etc. Isso é uma critica a nós, brasileiros, que professamos a Cristo e a sua Palavra, que nos disponibilizamos a votar e vendemos o nosso voto por R$ 75 de Bolsa Família. Eu poderia encerrar com um trecho bíblico, mas deixo aqui pra mim o mais importante legado que nossos antigos gestores desse país nos deixaram:

Constituição de 1988

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

Enquanto há essa tal de liberdade nesse país, continuo escrevendo, o lá voltamos ao tempo da Tropicália. Será que rola uma tropicália gospel?

Por Romário Alcântara – Repórter e articulista. E-mail: romarioralcantara@gmail.com. Twitter: @RomarioIEQ

Anúncios

3 opiniões sobre “Nossa liberdade partindo para o fim”

  1. JÁ ESTÁ NA HORA DO POVO DEIXAR DE SER UM MONTE DE ASNOS E TIRAR ESSA QUADRILHA VAGABUNDA DO PODER QUE SE CHAMA PT. ESSA QUADRILHEIRA CHAMADA DILMA TINHA QUE ESTAR NA JAULA E NÃO PRESIDINDO NOSSO PAÍS. POIS JAMAIS VOU CHAMAR ESSE LIXO DE PRESIDENTE E MUITO MENOS ME REPRESENTA. DO LULA… SE EU FOR FALAR DESSE VERME MALDITO EU PASSAR O DIA INTEIRO FALANDO DESSE LÍDER DE QUADRILHA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s