Parece bíblico, mas não é – 15 expressões pseudo-cristãs que parecem ter saído da Bíblia, mas não foram…

Parece bíblico, mas não é...
Parece bíblico, mas não é…

O Evangelho se espalhou de tal maneira que em cada esquina há uma igreja, cada uma com sua liturgia, costumes e regras. Mas é de questionar muitas vezes se é mesmo o Evangelho que muitas delas estão pregando. A considerar disso são as inúmeras frases de efeitos utilizadas por pregadores ávidos por mais fiéis e, infelizmente, buscando aumentar a receita da congregação.

Por conta disso, apresentamos aos nossos leitores algumas das frases – algumas batidas e fora de propósito – mais utilizadas por pregadores, crentes fervorosos e outras pessoas que só buscam uma salva de “aleluias”. A inspiração para esta postagem veio do Site do Pastor. Confira:

01 – “A voz do povo é a voz de Deus”

Voz do povo

Não é apenas coisa de político demagogo quando faz do púlpito seu palanque eleitoral. Oriunda da frase em latim “vox populi, vox Dei”, a frase é ainda bastante frequente no país, quando muitos pregadores (sim, há!) por ignorância aplicam-na em seus sermões (?!). Mas será que a voz do povo representa mesmo a vontade de Deus?

A verdade: Quando Jesus andou na terra, a opinião do povo a seu respeito era variada. Uns o consideravam pecador (Jo 9:16) ou endemoninhado (Mt 12:24), e outros criam que ele era um profeta (Mt 16:13,14). Enquanto isso, a voz de Deus ecoava: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mt 3:17). Como a voz do povo pode ser a voz de Deus?

02 – “Da semente da mulher levantarei um que esmagará a cabeça da serpente”

pisando na serpente

É comum ouvir pregadores citando essa frase como sendo a primeira promessa com relação à obra redentora de Jesus. Mas essa promessa não aparece exatamente nas Escrituras.

A verdade: Em Gênesis 3:15, Deus disse para Satanás, personificado em uma serpente: “E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar”. A tradução bem pode ser “Porei inimizade entre você e a mulher, entre a sua descendência e o descendente dela; este lhe ferirá a cabeça, você lhe ferirá o calcanhar”. Assim, “descendente” realmente é uma promessa do Messias. É importante observar que o texto bíblico não usa o verbo “esmagar” e sim “ferir”. De acordo com a Palavra de Deus, o inimigo ainda não foi esmagado, isto é, derrotado por completo. Ele já está julgado (Jo 16:11), e, na cruz, Jesus o feriu (Cl 2:14,15). Entretanto, “… o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo de vossos pés” (Rm 16:20).

03 – “Deus cegou o entendimento dos incrédulos”

cegou o entendimento

Essa está na boca de milhares de pregadores, principalmente daqueles que ousam ‘burlar’ as leis sagradas para encher seus templos. E quando as críticas surgem, logo vem esse “versículo”.

A verdade: Mas não foi Deus quem cegou o entendimento dos incrédulos! A Bíblia diz: “… o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus” (II Co 4:4). Esse “deus” é o diabo, e não o Deus verdadeiro que ilumina os que estão em trevas (Jo 8:12; I Jo 1:7).

04 – “É dando que se recebe”

dando que se recebe

Apesar de não exatamente estar na Bíblia, não chega a ser antibíblica ou herética.

A verdade: A Bíblia confirma as palavras de Jesus em Lucas 6:38. Não deve, porém, ser usada como um versículo bíblico inspirado. Já em Atos 20.35, está escrito: “Em tudo o que fiz, mostrei-lhes que mediante trabalho árduo devemos ajudar os fracos, lembrando as palavras do próprio Senhor Jesus, que disse: ‘Há maior felicidade em dar do que em receber’”. O pregador só deve usar a frase “A Bíblia diz” quando for citar uma passagem sagrada. Caso contrário, deve deixar claro aos ouvintes que se trata apenas de uma boa frase.

 

05 – “Vem a mim como estás”

tatoo-biblia

Clássica no momento do “apelo”, após a mensagem. A frase atesta que Jesus recebe o pecador arrependido na condição em que está. Será mesmo?

A verdade: A frase em questão não está registrada nos Evangelhos. Em seu lugar, pode-se usar um versículo bíblico autêntico, como Mateus 11:28: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei”. Mas, é preciso considerar que a mudança acontece conforme o Espírito Santo vai inspirando a pessoa. E nem sempre é algo que ocorre de imediato.

06 – “Eu venci o mundo, e vós vencereis”

Vitoriosos

É claro que através da vitória de Cristo todos os seus seguidores autênticos, nascidos de Deus (1 Jo 5:4), se tornam mais do que vencedores (Rm 8:37). Mas será que isso é um versículo bíblico?

A verdade: As palavras de Jesus ditas em João 16:33 foram apenas: “Tenho-vos dito isto para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”. O complemento “e vós vencereis” é um acréscimo às palavras do Mestre, prática que ele mesmo proibiu (Ap 22:18).

07 – “Jesus é o Médico dos médicos”

Jesus médico

Essa, com certeza, é bastante explorada pelos pregadores. Mas, apesar de não estar na Bíblia, não chega a ser uma inverdade.

A verdade: Nas Escrituras, não existe esta menção. Jesus é chamado de Senhor dos senhores e Rei dos reis (Ap 17:14). Em nenhum lugar ele é chamado de Médico dos médicos. A expressão hebraica que demonstra o seu poder de curar os enfermos é “Yahweh-Roph´eka” (de onde provém o nome “Rafael”), que significa “O Senhor que te sara”, também traduzida como: “O Senhor, teu Médico” (Êx 15:26).

08 – “Mente vazia é oficina do diabo”

Oficina do diabo

Quem nunca ouviu uma dessa, principalmente da mãe? De fato, a pessoa que não ocupa a sua mente com as “coisas que são de cima” (Cl 3:1,2) acaba ficando vulnerável aos ataques do adversário. Como ser espiritual, ele tem influência sobre a mente dos incrédulos (2 Co 4:4; Ef 6:17).

A verdade: Segue-se que a frase é apenas apropriada para ilustrar o papel do diabo como tentador, não devendo ser usada com um versículo sagrado.

09 – “Não cai uma folha de uma árvore sem a vontade de Deus”

folha caindo

A verdade: A Bíblia mostra claramente que Deus é o Controlador da natureza. Em Isaías 40:12-31, vemos como ele tem o Universo em sua mão e faz o que lhe apraz. Apesar disso, a frase em questão não é um versículo bíblico!

10 – “O dinheiro é a raiz de todos os males”

Dinheiro - vivo

Às vezes, por não lerem a Bíblia com atenção, alguns pregadores caem no erro de omitir parte dos versículos bíblicos, gerando confusão. O dinheiro é importante e precisamos dele para a nossa manutenção.

A verdade:  O errado é pôr o coração nele (Mt 6:19-21). É por esse motivo que Paulo não condenou o dinheiro, mas sim a ganância e a avareza: “Porque o amor do dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores” (I Tm 6:10).

11 – “O pouco com Deus é muito”

moedas na mão

Frequente entre os pregadores da ‘Teoria’ da Prosperidade. Sempre para enfatizar a importância dos dízimos e das ofertas, tal frase nem aparece na Bíblia, sendo portanto um ditado popular.

A verdade: Fato é que a matemática de Deus é diferente, pois quanto mais se tira tanto mais é acrescentado (Pv 11:24). Mas é preciso considerar que o pouco com Deus, às vezes, é pouco mesmo. Tudo dependerá do propósito dEle com aquela pessoa. Todavia, conquanto a frase em questão seja correta, ela não está registrada no Livro Sagrado.

12 – “Quem dá aos pobres, empresta a Deus”

esmola

Meio que uma “irmã” da frase anterior, essa expressão, usada principalmente pelos católicos romanos, já está nos lábios de alguns cristãos que acham que está mesmo na Bíblia.

A verdade: O versículo bíblico que mais se aproxima de tal afirmação é Provérbios 19:17: “Ao Senhor empresta o que se compadece do pobre, e ele lhe pagará o seu benefício”. Alguém dirá: “Mas não é a mesma coisa?” Não! Pois o versículo bíblico possui o selo da inspiração! Combinado, assim?

13 – “Os viciados não herdarão o reino de Deus”

vicios

A palavra “viciado” se aplica à pessoa que possui qualquer tipo de vício (do latim vitiu, tendência habitual para o mal). Mas a Bíblia não condena de forma explícita os viciados, como ocorre neste pseudo-versículo bíblico. Alguém poderá perguntar: “Se a Bíblia não condena especificamente o cigarro ou algum tipo de droga, eu tenho permissão para usá-los?”

A verdade: Quando o cânon do Novo Testamento foi encerrado, ainda não havia o cigarro nem as drogas conhecidas hoje, não havendo razão para os escritores neotestamentários condená-los de modo específico. Contudo, está claro nas páginas sagradas que os que destroem o corpo, independentemente da maneira como o fazem, não herdarão o reino de Deus (I Co 6:10-20; Gl 5:19-21). Ademais, Zofar alertou: “Porque ele [Deus] conhece os homens vãos, e vê o vício; e não o terá em consideração?”, Jó 11:11.

14 – “Quem não vem pelo amor, vem pela dor”

apontando o dedo

Normalmente saindo da boca daquela irmãzinha ultraconservadora que, na tentativa de convencer alguém do seu pecado (trabalho do Espírito Santo, convenhamos), meio que força a barra fazendo uso desta frase. E sempre precedida por “Assim diz a Palavra de Deus…”.

A Verdade: Não é mistério que muitas pessoas, depois de passarem por uma dolorosa experiência, entendem a vontade de Deus (Dn 4:30-37; At 9). Entretanto, isso não é uma regra. Existem pessoas que nem mesmo pela dor se arrependem. Por isso, a Palavra de Deus alerta: “O homem que muitas vezes repreendido endurece a cerviz, será quebrantado de repente sem que haja cura” (Pv 29:1).

15 – “O cair é do homem, mas o levantar é de Deus”

cair do homem

É comum o uso dessa frase para animar irmãos que fracassam na fé. Quem a usa, tenta demonstrar que a pessoa caída não precisa se preocupar. Deus a levantará em tempo oportuno. Entretanto, se o homem não tomar uma posição, levantando-se, tal como o filho pródigo, Deus não o socorrerá (Lc 15:17-24).

A verdade: O texto de Tiago 4:8 mostra que o primeiro passo deve ser dado pelo homem. A Bíblia não diz: “Quando Deus se chegar a ti, chega-te para ele”. O homem precisa querer, desejar se chegar a Deus. Em toda a Escritura, observa-se que Deus convida o homem a se levantar, pois o cair é do homem, e o levantar também é do homem (Pv 24:16; Ef 5:14)!

Colaboração: Pr. Joversi Ferreira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s